Capital teve ‘hora’ de chuva que chegou a 35,6 mm e ventos a 62 km/h

Lúcio Borges

O temporal que caiu em Campo Grande no inicio da tarde desta quarta-feira (3) causou estragos por todos os cantos da cidade em cerca de uma hora de chuvas torrencial no inicio.O Página Brazil registrou em matéria anterior que áreas ficaram alagadas, árvores caíram, carros foram arrastados pela força das águas e moradores ficaram sem energia elétrica.

Em uma hora choveu 35,6 mm e ventos atingiram 62 km/h em Campo Grande, segundo informações do meteorologista Natálio Abrãao. Ele até chega a dizer que em menos de uma hora choveu 35,6 milímetros na Capital. Como ainda conforme informações do meteorologista, uma forte ventania também chegou a atingir a cidade, com rajadas de ventos de até 62 km/h, fazendo a temperatura despencar onze grau.

Antes da chuva, termômetros marcavam 32°C e após início da tempestade, temperatura registrou 21°C. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) havia antecipado que, com a chegada de uma frente fria no sul do Estado, o tempo iria ‘virar’, e uma forte tempestade poderia atingir as cidades de Mato Grosso do Sul.

A previsão do tempo não descarta que novas trovoadas atinjam os municípios e moradores devem ficar em alerta.

Estragos

Como noticiamos anteriormente, veja videos, antes era o volume das águas e a mesma sobre o asfalto. Após descer o volume se vê agora o estrago ainda maior, que no caso da Avenida Rachid Neder com Euler de Azevedo não é novidade, após cada temporal ou que muitas vezes já ocorreu.

A pavimentação asfáltica não suportou a força da enxurrada e cedeu de novo e terá que ser reposta pela “milésima” vez. Quem passou pela avenida por volta das 15 horas, durante o temporal, precisou ter atenção redobrada por conta dos alagamentos. Depois que a chuva deu uma trégua, sobrou rastro de destruição.

Placas inteiras de asfalto se soltaram. Na rotatória com a Rachid Neder, lamaçal se acumulou junto com restos de asfalto que foram levados pela enxurrada.

Comentários