Cão da PM vira xodó de policiais da Zona Norte de São Paulo

A jaqueta de segurança, as constantes rondas pelo posto de gasolina onde mora e os amigos fardados que ele tem indicam que o pequeno Cabo Pitoco merece ser respeitado.

Pitoco vive em um posto de gasolina da Zona Norte (Foto: Paulo Toledo)
Pitoco vive em um posto de gasolina da Zona Norte (Foto: Paulo Toledo)

O vira-lata virou xodó de policiais militares que patrulham a região de Parada de Taipas, Zona Norte de São Paulo, após recepcionar os carros da corporação abanando o rabo e latindo de alegria.

O cão chegou filhote ao posto e sensibilizou os frentistas e motoristas que abastecem lá, em especial os PMs que levam os veículos da 2ª Cia. do 18º Batalhão de Policia Militar para encher o tanque. Eles passaram a cuidar do animal dando comida, pagando o banho e as vacinas. Pitoco retribuiu a atenção com carinho e lambidas.

“A sua alegria ao ver a viatura chegando nos emocionava”, disse Rita Palma, uma das protetoras do animal. “O próprio cão sentiu empatia pelos policiais militares. A comunidade percebeu essa proximidade e chegou a nomear o cão, a dar patente de cabo ao cão”, disse o tenente da PM Jonas Barreto.

Um policial, então, decidiu criar uma página no Facebook para divulgar vídeos e fotos do cachorro. Lá foram postadas filmagens do pequeno em momentos de descontração com os amigos fardados e de fúria (ele rosna quando alguém quer tirá-lo de dentro do carro da PM). A empreitada fez grande sucesso: até as 18h30 desta quinta-feira (23), mais de 34 mil pessoas haviam curtido a comunidade Cabo Pitoco.

Os protetores do animal, então, decidiram fazer encontros mensais no posto onde Pitoco vive para ajudar cães e gatos abandonados. “Esses encontros servem para que amigos, seguidores, fãs e principalmente moradores da região se confraternizem, tendo a Polícia Militar como centro do evento”, disse Rita.

Os participantes devem levar 1 kg de ração, que serão distribuídas. “Principalmente para que as viaturas, durante o patrulhamento noturno, distribuam aos cães de rua que reviram o lixo em busca de alimento”, disse a protetora.

O próximo “Encontro de amigos do Cabo Pitoco” acontece neste sábado (25), às 19h, no posto que fica na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, número 11.700.

G1

Comentários

comentários