Cantora morre atingida por explosão durante pirotecnia em show

Uma cantora e dançarina espanhola morreu após ser atingida por uma pirotecnia em explosão durante uma apresentação ao vivo em um show. Joana Sainz Garcia, 30, estava se apresentando com o grupo Super Hollywood Orchestra em um local perto de Madri quando o incidente aconteceu. As informações são da BBC.

Um dispositivo pirotécnico de palco explodiu perto da cantora, deixando-a inconsciente, por volta das 2h hora de domingo (21h de sábado em Brasília) .

Os paramédicos levaram Sainz ao hospital, mas ela não resistiu.

Cerca de mil espectadores assistiram à apresentação, na cidade de Las Berlanas, a noroeste de Madri.

Imagens postadas nas mídias sociais supostamente mostram o momento em que os fogos de artifício explodiram, fazendo com que Sainz caísse no chão.

Um médico e uma enfermeira que estavam no meio da multidão tentaram ajudar a cantora antes da chegada dos paramédicos, informou o El Diario Montanes.

Joana Sainz Garcia era a dançarina principal da orquestra e responsável pelas coreografias dos 15 componentes que compõem o grupo – Reprodução/ Twitter

Sainz era a dançarina principal e coreógrafa da Super Hollywood Orchestra, um grupo de 15 membros, incluindo cantores, músicos e dançarinos.

O grupo foi contratado para fechar o festival de quatro dias em Las Berlanas.

O governo local de Las Berlanas, que organizou o festival, prestou homenagem a Sainz no Facebook. “Descanse em paz Johan Sainz. Você está em nossa memória”, escreveu em um post.

Comentários