Campo Grande registra queda recorde de mortes em acidentes de trânsito

Um levantamento divulgado pelo Grupo de Análise de Acidentes do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito) divulgou hoje (13) que o número de vítimas fatais em acidentes na Capital teve uma redução de 43% no primeiro trimestre de 2015 em relação ao ano anterior.

(Foto: Divulgação/Assessoria)
(Foto: Divulgação/Assessoria)

O índice foi considerado um recorde pelo grupo que cruzou dados do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Bptran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), SESAU (Secretaria Municipal de Saúde Publica), Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e Bombeiros.

De acordo com a presidente da Agetran, Beth Felix, foram analisados todos os acidentes fatais na Capital, que ocorreram no local ou até 30 dias após o fato, “estas orientações são da OMS (Organização Mundial de Saúde), para que haja padronização na contagem das vítimas”, explica.

Foram 30 óbitos em 2014, contra 17 em 2015, sendo 12 de motociclistas; 02 de pedestres; 01 de ciclista e 02 de condutores.

com informações do PMCG

Comentários

comentários