Campo Grande recebe exibição de filme de skate “Persistência”, no Museu Imagem e do Som

(Foto: divulgação Simplesmente – exibição em Ribeirão Preto-SP)
(Foto: divulgação Simplesmente – exibição em Ribeirão Preto-SP)

Com o apoio da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul (FCMS), o Museu da Imagem e do Som (MIS) vai exibir nesta quarta-feira (30), às 19h, com entrada gratuita a Premiere do vídeo da Simplesmente Skate que está em sua 4ª edição, levando o nome “Persistência”.

O vídeo é uma produção independente do vídeomaker João Pedro Romero, natural de Porto Alegre (RS), com imagens capturadas em várias cidades do Brasil, inclusive Campo Grande e conta com participação de 11 skatistas e amigos.

JP, como João Pedro é conhecido, estará presente na exibição em Campo Grande junto com alguns integrantes da Simplesmente Gang como Rafael Eduardo, Giovani Ricardo, Dwayne Fagundes, Patrick Vidal e Talles Silva e grupos da Capital Morena.

Com sua arquitetura urbana e diversidade de lugares propícios ao desenvolvimento de manobras de skate, Campo Grande teve a oportunidade de receber a Simplesmente Skate algumas vezes, que coletou lindas imagens com o cenário da Capital.

“É um projeto muito interessante, pois eles vão viajando, passando pelas cidades, registrando tudo, andando de skate, filmando e trocando suas manifestações culturais. Depois fazem um vídeo que para nós é considerado um filme, pois é muito mais do que só algumas cenas de skate e manobras, é a vivência do skatista e cada região por onde passa, vale a pena conferir”, esclareceu o empresário e skatista Marcelo Mattioli Rizzi.

Segundo Rizzi, são quase 4 anos de filmagens coletando registros e acontecimentos em cidades do interior e capitais de estados como Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Santa Catarina e até alguns países vizinhos. A conexão entre MS e RS começou através do skatista e videomaker Leo Coutinho, natural de MS e  que hoje mora no sul do país.

“Eles vem lá do Sul do país, passando por diversas cidades, realizando exibições de premieres. O contato com a gente aqui começou pelo Leo Coutinho, que é daqui de Campo Grande e hoje mora em Porto Alegre. O mais legal é que eles priorizam a exibição do filme antes de subir para a Internet, para que os skatistas sintam juntos a energia inicial de conhecer o trabalho deles, isso faz parte da nossa cultura”, completou Marcelo.

O Museu de Imagem e Som (MIS) está localizado na Avenida Fernando Correia da Costa, nº 559, no 3° andar.

Fundação de Cultura de MS.

Comentários

comentários