Campo Grande poderá contar com voo até Assunção

Campo Grande poderá contar com um voo até Assunção, no Paraguai, no segundo semestre deste ano.

Voo está sendo estudado entre governo local e empresa Amazonas Linhas Aéreas (Foto: )
Voo está sendo estudado entre governo local e empresa Amazonas Linhas Aéreas (Foto: )

Nesta terça-feira (15), o secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, tratou da possibilidade com representantes da empresa Amazonas Linhas Aéreas, que pretende operar a rota aérea.

“Eles tem uma programação de colocar esse voo e caso consigam viabilizar a intenção é antecipar de 2017 para o segundo semestre de 2016”, explicou Miglioli.

De acordo com o coordenador de aviação da Seinfra, Fabrício Alves Correa, o encontro foi para avaliar as possibilidades da rota. “Por enquanto é uma ideia técnica, mas se conseguirmos encaixar todos os parceiros ela irá para a prática”, resumiu.

Para a representante da empresa aérea, Camila Ricci, o encontro foi produtivo e a intenção foi pedir algumas facilidades para implantar o voo.

“A expectativa é boa, a empresa não quer desistir do Brasil, embora já tenhamos uma experiência na Bolívia que não deu certo. Vamos ver no que o Governo vai poder nos ajudar, seja através de incentivos, taxas, porque nesse momento precisamos de um algum subsídio”, pontuou.

Segundo a superintendente do Aeroporto Internacional de Campo Grande, Bárbara dos Reis Netto, o aeroporto tem condições de atender, mas deve haver demanda. “Atualmente temos muitos empresários brasileiros com recursos no Paraguai, então acredito que dará certo”.

Comentários

comentários