Campo Grande é capital da bocha paralímpica neste sábado

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Dezenas de atletas paralímpicos de três estados (MS, MG e DF) participam  em Campo Grande dos Jogos do Campeonato Regional Centro-Oeste Paralímpico de Bocha. A competição é promovida pela Ande (Associação Nacional de Desporto para Deficientes) com apoio da Prefeitura de Campo Grande, por meio da Funesp (Fundação Municipal de Esporte). As disputas acontecem na quadra do ginásio do Sesc Camillo Boni.

Os jogos são de várias categorias, dependendo da deficiência, em dupla, por equipe e também na modalidade individual. Feita a abertura oficial, os atletas já entraram em quadra para as primeiras partidas. Neste sábado (30), os jogos iníciaram às 8 horas da manhã e vão até às 18 horas. O Campeonato do Centro-Oeste serve de seletiva para o Brasileiro e também está sendo observado para a convocação de atletas para a seleção brasileira para-desportiva.

Participaram da solenidade dirigentes do para-desporto brasileiro. O presidente da Ande, Frederico Frazão destacou a organização do campeonato sob a responsabilidade da Funes e ressaltou a importância do esporte na inclusão de quem tem deficiência. Na ocasião, o vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Ivaldo Brandão e a coordenadora de Bocha da Ande, Marcia Campeão desejaram sucesso aos participantes.

No desfile de abertura, ao som da Banda Marcial do Instituto Mirim, os paratletas mostraram entusiasmo com o início da competição. Para Erivaldo Batista Pereira, paratleta que é do Distrito Federal, a festa está bonita e a iniciativa dos jogos é muito importante. “É muito bom participar e espero trocar experiências e fazer novas amizades”, destacou.

A diretora presidente da ADD-MS (Associação Driblando as Diferenças), Marli Cassoli, enfatizou a importância do evento para a integração dessas pessoas à sociedade. Já o responsável por organizar o campeonato pela Funesp, o professor Dolvair Paschoal Castelli, ressaltou que as disputas sempre revelam novos talentos no para-desporto brasileiro.

Funesp.

Comentários

comentários