Campeão olímpico de remo morre em acidente de esqui na Suíça

Gazeta Esportiva.com

A última segunda-feira foi de pesar para o esporte mundial. Isso porque o remador alemão Maximilian Reinelt, de 30 anos, campeão olímpico em Londres 2012 e prata na Rio 2016, sofreu um acidente de esqui na estação em São Moritz, na Suíça, onde estava com a namorada, e teve a morte confirmada sem informações sobre as circunstâncias de seu colapso.

O remador tinha se aposentado do esporte após os Jogos Olímpicos de 2016 para completar seus estudos de medicina e iria começar a trabalhar como médico da equipe alemã sub-23 de remo ao qual iria se incorporar durante os treinamentos de 2019 na cidade de Mequinenza (Espanha), afirmou a Federação Alemã. Ainda assim, Maximilian seguia competindo na categoria M8+, formada por barcos com oito remadores.

Maximilian Reinelt faleceu em um acidente de esqui na Suíça (Foto: AFP)

“A sua morte nos surpreendeu. Foi uma partida muito precoce e infinitamente triste”, disse o presidente da Federação Alemã de Remo, Siegfried Kaidel. Apesar da falta de confirmação oficial da causa da morte, a polícia da Suíça suspeita que a queda do remador tenha acontecido por “razão médica”, de acordo com o que afirma o jornal local Blick.

Após a confirmação da morte de Reinelt, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, emitiu uma nota de pesar: “Maximilian Reinelt foi um dos maiores atletas do remo alemão e também uma pessoa muito simpática, que conseguiu combinar o sucesso no esporte com a sua formação profissional de médico. Foi uma morte trágica”, disse.

Além das duas medalhas de ouro em Jogos Olímpicos (ouro em Londres e prata no Rio de Janeiro), Maximilian Reinelt conquistou também dois ouros e três pratas em Mundiais, totalizando cinco láureas, além de quatro campeonatos europeus.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui