Campanha Junho Vermelho incentiva a doação de sangue

Neste domingo (14) comemorou-se o o Dia Mundial do Doador de Sangue. Apesar da data, normalmente entre os meses de junho a agosto, com a chegada do inverno e das férias, os estoques dos bancos de sangue caem até 30%. Por isso neste mês é feita a campanha nacional Junho Vermelho.

Sssessora de comunicação do Hemosul, Mayra Fransceschi Foto Paulo Francis
Sssessora de comunicação do Hemosul, Mayra Fransceschi Foto Paulo Francis

Sobre esse tema o programa Capital Meio Dia e o portal de notícias Página Brazil, conversaram com a assessora de comunicação do Hemosul, Mayra Fransceschi. “A campanha é uma iniciativa de um grupo de São Paulo chamado “Eu Dou o Sangue pelo Brasil que existe desde 2011, e este ano o projeto foi aderido pelo Ministério da Saúde e é aberto a todo pais”, comentou.

Ela explica que o objetivo da campanha é incentivar a população a ter o hábito de doar sangue. “Não existem campanhas efetivas no sentido de criar o hábito da doação de sangue. As pessoas vão, doam de vez em quando, quando tem algum parente, algum amigo, mas isso não se perpetua com um hábito da população, um hábito do brasileiro”, avalia.

“Nós convocamos todas instituições, empresas, seja publicas ou privadas a decorar algum tipo de monumento ou torre com as cor vermelha, assim como se faz no outubro rosa, no intuito de incentivar, conscientizar, e mostrar a população a importância da doação de sangue”, diz a Mayra.

Paulo Francis

Comentários

comentários