Camionete invade contramão, bate de frente com Pálio e deixa dois feridos no Santo Amaro

Vítimas tiveram que ser transportadas para unidade de saúde para fazer avaliação médica. (Foto: Paulo Francis)
Vítimas tiveram que ser transportadas para unidade de saúde para fazer avaliação médica. (Foto: Paulo Francis)

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas na tarde desta quarta-feira (23), em uma colisão frontal envolvendo um veículo Fiat Palio e uma caminhonete Mitsubish L200, na rotatória que cruza as ruas Fernando de Noronha e Alfredo Scaff, no bairro Santo Amaro, em Campo Grande.

Segundo informações do Tenente Vinicius, do Corpo de Bombeiros, as vítimas que precisaram serem transportadas foi à passageira da caminhonete e o condutor do veículo Palio. Ele conta que no momento em que o resgate chegou ao local à mulher já se encontrava fora do veículo, sendo necessária imobilização na parte externa para que seja encaminhada para o pronto socorro. Já o homem apresentava um corte na cabeça, ainda estava no veículo e também foi imobilizado.

“A mulher também teve um ferimento na região da cabeça, ambas as vitimas serão avaliadas na unidade de saúde por terem esse trauma, porem no momento do atendimento estavam conscientes e orientadas”, afirma o tenente.

Caminhonete envolvida em acidente é veículo oficial do Governo de MS. (Foto Paulo Francis)
Caminhonete envolvida em acidente é veículo oficial do Governo de MS. (Foto Paulo Francis)

A caminhonete L200 que foi identificada como um veículo oficial do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, prestava serviço para a Iagro do município de Corguinho, e era conduzida por Paulo Jorge Cunha, tendo como passageira sua filha Silvana Nogueira Cunha, de 40 anos, e sua neta, uma adolescente de 15 anos.

Já no veículo Fiat Palio estava apenas o motorista Moisés Moreira de Oliveira, de 52 anos. Ele trabalha para uma transportadora e saia a trabalho no momento da colisão.

O condutor da caminhonete, Paulo Jorge Cunha, alegou à Página Brazil que o veículo Palio entrou em alta velocidade na rotatória, porem confessou que se confundiu com as ruas do local devido a falta de sinalização.

“Eu pensei que a rotatória era ao contrario, eu ia pegar a outra rua, quando eu vi o cara virou de uma vez e não teve como evitar, olha onde eu parei”, se explica.

O senhor José Aparecido dos Santos foi testemunha ocular da colisão, ele conta que seguia pela via quando viu a caminhonete entrando na rotatória pela contra mão.

“Eu presenciei o acidente, eu estava no começo da via e quando vi bater já corri aqui para ver. O Palio estava na mão certa, inclusive já estava na rotatória e a caminhonete que veio pela contra mão”, conta.

Foi necessário o uso de desencarcerador para fazer o resfriamento do motor. (Foto Paulo Francis)
Foi necessário o uso de desencarcerador para fazer o resfriamento do motor. (Foto Paulo Francis)

Com o impacto da batida a parte dianteira do veículo de passeio ficou destruída. Militares do Corpo de Bombeiros tiveram que usar um desencarcerador para abrir o capô e poder fazer o resfriamento de segurança do motor. As vítimas foram encaminhadas consciente e orientadas para a UPA do bairro Universitário para avaliação médica.

Paulo Francis

Comentários

comentários