Caminhonete roubada em saída de bar é encontrada a caminho da fronteira

Dois jovens foram rendidos quando saiam de uma tabacaria na madrugada deste domingo (30), em Campo Grande, e tiveram a caminhonete, documentos e objetos pessoais roubados por dois assaltantes. Mas depois de serem soltos pelos suspeitos, conseguiram acionar a polícia e o veículo foi recuperado quando já estava a caminho do Paraguai. Um homem foi preso.

Caminhonete roubada dos dois jovens que saiam de tabacaria em Campo Grande e que foi recuperada pela PM (Foto: Marcos Ribeiro/TV Morena)
Caminhonete roubada dos dois jovens que saiam de tabacaria em Campo Grande e que foi recuperada pela PM (Foto: Marcos Ribeiro/TV Morena)

O roubo ocorreu por volta da 1h30. Os dois jovem deixavam o estabelecimento e se dirigiam para o veículo, na rua Euclides da Cunha, região central da cidade, quando dois homens armados anunciaram o assalto. Rendidas, as vítimas foram colocadas dentro da caminhonete e permaneceram com os assaltantes por cerca de meia hora, sendo abandonadas na região da Orla Morena.

Além do veículo, os suspeitos roubaram dos jovens, as carteiras com documentos pessoais, dinheiro, cartões, celulares, joias e até mesmo os tênis.

Depois de serem liberados pelos assaltantes, as vítimas buscaram socorro com populares na Orla Morena. Em seguida conseguiram registrar o roubo na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do centro da cidade (Depac Centro), que acionou a Policia Militar (PM).

A PM, por sua vez, localizou o veículo já na saída para Sidrolândia, na BR-060. O suspeito que conduzia a caminhonete não respeitou a ordem de parada determinada pelos policiais e tentou fugir, entrando por uma estrada vicinal na região da termoelétrica William Arjona.

Ele foi perseguido por cerca de dez quilômetros, até que perdeu o controle do veículo e entrou em uma área de pastagem. Tentou fugir a pé, mas acabou sendo rendido pelos policiais militares. Esse suspeito, conforme apurado pela polícia, tem 30 anos, e uma extensa ficha criminal com registro de de envolvimento em roubos, furtos, tráfico de drogas e receptação.

Questionado pelos policiais, o preso revelou que a ordem para roubar a caminhonete foi dada por um interno da Penitenciária de Segurança Máxima, em Campo Grande, e que o veículo seria levado para o Paraguai, onde seria trocado por drogas.

A caminhonete e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga (Depac Piratininga). Entretanto, no início da semana a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Defurv) deve assumir as investigações para tentar identificar os outros envolvidos no caso.

Comentários

comentários