Caminhoneiro de Três Lagoas é contratado para fazer frete na capital e tem veículo roubado

Da Redação com JP News

Caminhoneiro residente em Três Lagoas foi vítima de roubo no último domingo (02) em Campo Grande. Ele foi chamado para fazer um frete na capital e acabou agredido, amarrado e deixado em um matagal na saída para Corumbá.

De acordo com informações do site Edição MS, por volta das 09h de domingo, a Polícia Militar de Campo Grande foi chamada até a Rua Dalcinópolis esquina com Vanderlei Pavão no bairro Jardim Aeroporto, região do Imbirussu.

No local, o caminhoneiro de 55 anos contou aos policiai que é morador de Três Lagoas e que trabalha com um caminhão de mudanças realizando fretes. Ele disse que foi contratado através de uma ligação e um homem dizia que precisava fazer uma mudança de Campo Grande com destino para Três Lagoas.

O motorista relatou que quando chegou na capital na madrugada do domingo, foi até o ponto de encontro marcado e foi recebido por uma mulher que subiu no caminhão e pediu que o motorista fosse até um endereço na região da saída de Campo Grande para Corumbá.

Em determinado momento, a mulher pediu que ele parasse e dois homens armados subiram na cabine do caminhão e anunciaram o assalto. O motorista foi obrigado a conduzir o veículo até a Avenida Rádio Maia e quando os quatro chegaram ao local conhecido como Mara da Embrapa, a vítima foi levada para dentro da vegetação. Ele foi amarrado e agredido violentamente com coronhadas.

Depois os assaltantes fugiram levando o caminhão Mercedes Benz  1113 de cor azul,com placas HQG-2007. O baú do caminhão é de cor preta e tem pintado nas laterais os números de contato para contratar o frete.

A vítima relatou que depois de algumas horas, ele conseguiu se soltar e pedir socorro. O motorista ainda disse aos policiais que um veículo de passeio estava dando apoio aos bandidos.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) em Campo Grande e será investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos(DERF) da capital. O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Três Lagoas poderá ajudar nas investigações.

Qualquer denúncia pode ser feita anonimamente através do 67 3929 1173

Comentários