Câmara realiza hoje 2ª discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018

Silvio Ferreira

Imagem aérea de Campo Grande. Foto: Fecomércio

A Câmara Municipal de Campo Grande tem pautado para esta terça-feira (04/07) a segunda discussão do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018. O texto foi aprovado por unanimidade em primeira discussão, na última quinta-feira (29). Das 97 propostas apresentadas pelos vereadores, 43 emendas foram recepcionadas e integradas ao Projeto de Lei nº 8.470/17 do Executivo Municipal.

Digno de nota: das 97 propostas de emendas, mais da metade (54%) acrescentaram pouco, ou nada ao projeto original: 23 estavam em desacordo com a lei de responsabilidade fiscal por – em sua maioria -, não apresentarem relatório de impacto financeiro; 22 foram “integradas” ao projeto por discorrerem sobre pontos já propostos pela proposta original do Executivo, e 9 delas foram desconsideradas por invadirem atribuição exclusiva do Executivo Municipal.

O orçamento previsto para Campo Grande em 2018 é de R$ 3,455 bilhões, valor 3,46% menor que em 2017, sem inovações significativas em relação aos patamares de destinação de recursos públicos: a área da Educação receberá 25% do orçamento e a Saúde, 15%.
A LDO teve relatoria do vereador João César Mattogrosso (PSDB).

Comentários