Caixa reduz taxa de juros para financiar a casa própria

caixa-economica
Este é o segundo pacote de incentivos da Caixa para o setor imobiliário em pouco mais de três meses.

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8) um corte na taxa de juros cobrada nos financiamentos imobiliários. As novas regras entram em vigor a partir desta quarta-feira (9) e valem só para novos contratos.

Sistema Financeiro de Habitação

O Sistema Financeiro Habitacional (SFH) regula a maioria dos financiamentos imobiliários no Brasil. Para se enquadrar neste sistema, o imóvel deve custar, no máximo, R$ 750 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal. Nos outros Estados, o limite máximo do imóvel é de R$ 650 mil.

  • Para quem não é cliente do banco: caiu de 11,25% para 11% ao ano;
  • Para quem é cliente, mas não tem conta corrente no banco: caiu de 11% para 10,75% ao ano;
  • Para quem tem conta no banco: baixou de 10,5% para 10,25 ao ano;
  • Para servidores públicos: baixou de 10,5% para 10,25 ao ano;
  • Para servidores que recebem salário no banco: baixou de 10% para 9,75% ao ano.

Sistema de Financeiro Imobiliário

O Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) regula todos os financiamentos que não se enquadram no SFH e é voltado, principalmente, para grandes investidores institucionais.

  • Para quem não é cliente do banco: caiu de 12,5% para 12,25% ao ano;
  • Para quem é cliente, mas não tem conta corrente no banco: baixou de 12% para 11,75% ao ano;
  • Para quem tem conta no banco: baixou de 11,5% para 11,25% ao ano;
  • Para servidores públicos: baixou de 11,5% para 11,25% ao ano;
  • Para servidores que recebem salário no banco: caiu de 11% para 10,75% ao ano.

Decisão pode influenciar outros bancos

A decisão de baixar os juros pode influenciar outros bancos, já que a Caixa, principal financiador de imóveis do país, serve de referência para o restante do mercado. Segundo o banco, a Caixa já aplicou R$ 66,2 bilhões em financiamento imobiliário neste ano e a expectativa é aplicar mais R$ 26,8 bilhões.

A medida faz parte do primeiro pacote do banco para incentivar o setor imobiliário após o Banco Central baixar a taxa básica de juros (Selic).

Em março, ainda no governo de Dilma Rousseff, a Caixa havia aumentado as taxas de juros para financiar a casa própria.

Comentários

comentários