Cães terapeutas visitam crianças deficientes auditivas

O 6º Grupamento de Bombeiros Militar em Campo Grande desenvolve um projeto social envolvendo a participação de cães para o tratamento auxiliar de crianças com necessidades especiais. Nesta quarta-feira (20), às 9h, o Ceada (Centro Estadual de Atendimento ao Deficiente da Audiocomunicação), na Capital, será contemplado com a visita de dois cães terapeutas do Corpo de Bombeiros: Airon e Kauê, ambos da raça Golden Retriever.

Crianças interagem com os cães desenvolvendo habilidades  (Foto: Divulgação)
Crianças interagem com os cães desenvolvendo habilidades
(Foto: Divulgação)

As crianças interagem com os cães desenvolvendo habilidades motoras, fala, afetividade, relacionamento pessoal, companheirismo, socialização e memória.

Com os animais, as crianças fazem atividades bem simples como passear segurando a guia do cão, fazem carícias nos bichos, tiram fotos, escovam os cachorros, jogam bolinha para ele buscar, entre outras brincadeiras.

O coordenador do projeto, Capitão BM Fábio, explicou que para serem usados como terapeutas, os cães passam por uma avaliação que leva em consideração, principalmente, o temperamento do animal. O cachorro tem que ser dócil e não pode estranhar o toque ou barulho. Ele também deve estar em ótimas condições de saúde, sendo atestado por um veterinário.

Comentários

comentários