Cadeirantes se mobilizam para garantir direitos em Dourados

Da Redação

Na sexta-feira (20), usuários do CCPD – Centro de Convivência e Geração de Renda da Pessoa com Deficiência “Dorcelina de Oliveira Folador” realizaram um movimento na Praça Antonio João com objetivo de chamar atenção da população para garantir seus direitos como pessoa e como cidadão.

Segundo o coordenador do Programa, Alex Morais, de todos os direitos implementados por lei, o que chama mais atenção por ser negligenciado é a utilização de vagas em estacionamentos dedicadas a este público. “Rotineiramente somos obrigados a estacionar o veículo distante do local de embarque e desembarque por encontrar vagas ocupadas por outros condutores”.

A panfletagem com o tema: “Essa vaga não é sua nem por um minuto” e ocupá-las com cadeira de roda visa chamar a atenção da sociedade.

O movimento que se estendeu por algumas horas foi muito importante para alertar e chamar a atenção de populares para questões de suma importância como os direitos das pessoas com deficiência.

Para a secretária de Assistência Social Maria Fátima Silveira Alencar, o município vem empenhando todos os esforços para promover a acessibilidade e tê-los unidos reivindicando seus direitos é a melhor forma de exercício da cidadania.

Comentários