Cabeleireiro procura a Delegacia após ser constrangido por cobrança em rede social

Um cabeleireiro de 22 anos procurou a delegacia após se sentir constrangido por uma cobrança na rede social Facebook, na tarde desta terça-feira (11), em Sonora, região norte de Mato Grosso do Sul.

Imagem Ilustrativa (Foto: Reprodução Google)
Imagem Ilustrativa (Foto: Reprodução Google)

O jovem contou aos policiais que uma mulher fez a publicação na rede social denegrindo sua imagem, lhe colocando como um mau pagador. Na postagem ela afirmava que o cabeleireiro não entrava em contato e a mesma queria receber por um “mega hair”.

Segundo a versão do cabeleireiro, a publicação foi compartilhada com várias pessoas. Ele ainda informou que possui um acordo com a autora de que o acerto seria feito em troca de prestação de serviço e como está cumprindo com o combinado não compreende a cobrança.

O cabeleireiro também relatou que após a publicação e a autora ir até o seu salão desferir várias injúrias, que foram presenciadas por vizinhos, várias clientes desmarcaram horário o que lhe causou vários prejuízos.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Sonora como utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas, incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumido, injustificadamente, ao ridículo ou interfira em seu trabalho.

Com Informações Edição de Notícias

Comentários

comentários