Britney Spears é alvo de boato de morte por hackers e gravadora explica: ‘Viva’

Uma das famosas a optar por deixar peças íntimas em evidência em looks transparentes, Britney Spears foi vítima de boatos de falsa morte, assim como o ator brasileiro Bruno Gissoni, após um grupo de hackers invadir as contas do Twitter da gravadora Sony e do músico Bob Dylan, nesta segunda-feira (26), para publicar mensagens de que a cantora teria falecido em um acidente.

A conta oficial da Sony fez um post no Twitter no qual dizia que a cantora norte-americana havia morrido – Foto: Divulgação

Fãs da atriz norte-americana, premiada no Billboard Awards 2016, foram à loucura e recorreram as redes sociais para perguntar se a loira estava viva, deixando o seu nome entre os assuntos mais comentados no microblog.

Depois da notícia se espalhar, a Sony esclareceu que a conta havia sido acessada por um endereço de IP diferente e desmentiram os tweets que haviam sido postados : “Nós vimos um novo IP logado na conta alguns minutos atrás e o tuíte foi postado por um novo IP, então a Britney Spears ainda está viva”.

Além de Laura Cardoso, vítima do mesmo boato em fevereiro, Claudia Rodrigues disse que a notícia da sua suposta morte assustou familiares e amigos.”Não acredito que estão fazendo isso comigo num momento tão delicado. Tome as medidas necessárias. Chega dessa palhaçada”, desabafou a atriz. (TERRA)

Comentários