Brics discutem em MS como tecnologia pode ajudar agro e atender demanda mundial

Os representantes dos ministérios da Agricultura do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, os chamados Brics, estão em Bonito, no sudoeste de Mato Grosso do Sul, para um encontro de dois dias. A reunião tem como tema a inovação tecnológica na agropecuária no contexto de aumento da população mundial e da demanda por alimentos.

Taolin Zhang, vice-ministro da Agricultura da China, Sergey Levin, vice-ministro da Agricultura da Russia, Tereza Cristina, ministra da Agricultura do Brasil, Mcebisi Skwatsha, vice-ministro da agricultura da Africa do Sul e Bimbadhar Pradhan, vice-ministro da Agricultura da India, reunidos em Bonito, MS — Foto: Ricardo Freitas/G1 MS

De acordo com o Ministério da Agricultura do Brasil, o evento visa fortalecer a cooperação entre os membros do grupo para cumprir as metas da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Os ministros discutem estratégias para melhorar a infraestrutura e a conectividade em diferentes áreas da agropecuária

No último dia do evento está previsto a assinatura de uma declaração conjunta. O grupo formado pelos países dos Brics representa 40% da população mundial e 25% do PIB mundial.

O Brasil atualmente preside o grupo dos Brics, o que faz com que seja o responsável por coordenar as atividades dos países membros, apresentar iniciativas de cooperação e organizar os encontros anuais.

Balança comercial
As exportações do Brasil para os países dos Brics em 2019, ate o mês de junho, somaram US$ 17,3 bilhões, a maior parte dos produtos são derivados de soja (US$ 11,9 bilhões) e carne (US$ 1,4 bilhões).

A China é disparado o principal comprador, com mais 80% do que é vendido pelo Brasil para o grupo.

As exportações de produtos brasileiros para os integrantes do grupo vêm crescendo ano a ano. Em 2016 atingiram US$ 28,4 bilhões; em 2017, US$ 31 bilhões e em 2018, totalizaram US$ 38,4 bilhões. Em 2018, o Brasil importou produtos que somaram US$1,5 bilhão dos países dos Brics.

Agenda 2030
A Agenda 2030, assinada em setembro de 2015 pelos líderes de 193 países tem com o objetivo de criar um planeta mais próspero, equitativo e saudável.

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) acordados incluem metas em grande diversidade de temas, como erradicação da pobreza, segurança alimentar, educação, saúde, energia, água, produção, consumo sustentável e clima.

Participaram do encontro: Taolin Zhang, vice-ministro da Agricultura da China, Sergey Levin, vice-ministro da Agricultura da Russia, Tereza Cristina, ministra da Agricultura do Brasil, Mcebisi Skwatsha, vice-ministro da agricultura da Africa do Sul e Bimbadhar Pradhan, vice-ministro da Agricultura da India.

 

Comentários