Brawn comenta erros sucessivos de Vettel e vê piloto descontente

Gazeta Esportiva.com

Principal candidato a desbancar a hegemonia de Lewis Hamilton na Fórmula 1, Sebastian Vettel não conseguiu confirmar as expectativas e hoje é mais um espectador do piloto inglês, que precisa apenas de um sétimo lugar nos Estados Unidos para garantir o pentacampeonato da categoria. E mais do que a falta de competitividade, os erros do condutor alemão tem custado muitas críticas, inclusive do diretor esportivo da F1, Ross Brawn.

“Na sexta-feira, nos Estados Unidos, já houve um pequeno erro do Vettel, quando ele não reduziu a velocidade o suficiente nas bandeiras vermelhas e pagou o preço com uma punição de três posições no grid”, comentou Brawn, em declarações citadas pelo Motorsport. “Na corrida ele novamente colidiu com uma Red Bull, desta vez com Daniel Ricciardo, e novamente Vettel levou a pior”, completou.

Vettel tem chances mínimas de conquistar o título da Fórmula 1 (Foto: Mark Thompson/Getty Images/AFP)

Nos últimos GPs, Vettel tem sofrido com os erros que custaram caro a chance de título. Em solo norte-americano, o alemão rodou na tentativa de ultrapassar Daniel Ricciardo, mesma consequência do erro na corrida do Japão. Na Itália também perdeu o controle, além de uma colisão na Alemanha e outra na França. Para o dirigente, os erros culminaram em oportunidades perdidas.

“Foram erros e oportunidades perdidas de reduzir a diferença na luta pelo título, especialmente quando vimos o que o Raikkonen fez com o mesmo carro no último fim de semana. Eu não quero colocar Vettel no banco dos réus, mas estes incidentes não podem mais ser vistos como coincidência. Eles deveriam indicar que Sebastian está um pouco descontente no momento”, ressaltou Ross Brawn.

Com cinco vitórias na temporada e 276 pontos, Vettel ainda possui chances remotas de ficar com o título. Porém, restando mais três GPs, Hamilton precisa de apenas um sétimo lugar em qualquer uma das provas para confirmar a vantagem adquirida ao longo da competição e se sagrar pentacampeão.

Comentários