Brasileiro que matou Rafaat piora em quartel e será levado para cela especial

O juiz Edgar Ramírez determinou que o ‘assassino de aluguel’ brasileiro, o ex-policial carioca Sergio Lima Dos Santos, de 34 anos, acusado de matar Jorge Rafaat Toumani de 56 anos, no dia 15 de junho, deverá ser transferido para a Penitenciária de Tacumbú. O atual local de reclusão não está apto para o seu estado de saúde.

pistola

As autoridades informaram que Lima é um dos pistoleiros que atacaram o empresário, conhecido por ser narcotraficante, com armas de grosso calibre. Tudo indica que, na troca de tiros com guardas da Rafaat, ele acabou sendo alvejado na face.

Em seguida, de acordo com o site ABC Color, o suspeito foi levado para o sanatório Metropolitano em Fernando da Mora, se recuperando da lesão. Depois ele foi transferido para a segurança do grupo especializado da Polícia Nacional, em Assunção, a fim de se recuperar para ser enviado para a prisão.

No entanto, no local, sua saúde se deteriorou. Com isso, uma equipe forense foi verificar o lugar de detenção para realizar inspeção e analisar a possibilidade de transferi-lo para um hospital. Uma junta médica constatou, neste final de semana, que as condições de estadia eram impróprias.

Com base no relatório médico, o magistrado concluiu que o que Lima precisa é de um local amplo e limpo para continuar o seu tratamento. Por isso, informou que vai solicitar sua transferência para Tacumbú, com uma sala de acordo com suas necessidades.

Comentários

comentários