Brasileiro encara norte-americano para se aproximar do cinturão mundial do Boxe

Gazeta Esportiva.com

Yamaguchi pode se aproximar do título mundial de Boxe. (Foto: Divulgação)

O pugilista Yamaguchi Falcão enfrenta, neste sábado, em Verona, Nova Iorque, nos Estados Unidos, o norte-americano Paul Mendez. Uma vitória do brasileiro pode aproximar ele da luta pelo cinturão do Conselho Mundial de Boxe (CMB).

“Estou indo para a luta focado e bem preparado. Tenho certeza de que, quando colocar minha mão no lugar certo, ele não vai aguentar. O Brasil vai assistir a um belo nocaute” garante o atleta.

A preparação para a luta foi longa. Yamaguchi disse que ficou cerca de seis meses se preparando. Para vencer o seu oponente, ele sabe que precisava estudar e pensar na melhor estratégia.

“Acompanhei vídeos do meu rival. Ele é experiente, caminha para frente, gosta de pegar muito no contragolpe. Mas me preparei para ele. O que devo fazer é forçá-lo andar para trás, para mudar o estilo dele. Também vou trabalhar muito na linha de cintura” explicou o pugilista brasileiro.

Uma vitória na luta contra Paul Mendez pode ajudar o campeão olímpico de 2012 a conseguir a tão sonhada luta pelo cinturão, enfrentando o mexicano Canelo Alvarez, atual campeão.

“Esta luta vai me colocar entre os seis melhores do mundo. Eu me preparo para o Canelo Alvarez. Acho que (a luta de sábado) vai me colocar perto dele. Quem sabe, neste ano, tem um Brasil X México? Seria muito bom” afirma.

Além do fato da luta deste sábado poder aproximar Yamaguchi do título mundial, outro fator motiva ele para conquistar a vitória. Ele está prestes a ser pai, e quer homenagear o filho. “Vou ser pai neste mês, e este é mais um motivo para levar a vitória. Isto é muito importante. Está tudo dando certo na minha vida” confessou.

Yamaguchi Falcão está invicto no boxe profissional, com 16 vitórias, sendo sete por nocaute. Porém, seu adversário é experiente, tem mais lutas no currículo e promete dificultar a vida do brasileiro. O norte-americano de 30 anos soma 25 lutas, ganhando 20 (todas por nocaute), empatando duas e perdendo três.

Comentários