Brasileiro é executado a tiros de pistola após jogo de futebol na fronteira

O brasileiro Júlio Cesar Gonçalves (25) foi atacado a tiros durante festa em Sanja Pytã, povoado paraguaio vizinho de Sanga Puitã, no município de Ponta Porã. Ele morreu a caminho ao hospital de Ponta Porã.

Na noite deste domingo (09) por volta das 21h30, ele estava parado em frente ao poliesportivo da cidade, quando um desconhecido chegou ao local e realizou vários disparos possivelmente de pistola 9mm .

Júlio foi atingido por pelo menos cinco tiros no peito e um na cabeça. Ele chegou a ser levado por amigos para o Hospital Regional de Ponta Porã, mas morreu antes de chegar ao local.

Segundo investigadores da Divisão de Homicídios da Policia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero, Júlio tinha participado de um torneio de futebol à tarde e permaneceu com amigos para a comemoração, no mesmo local.

A Polícia Nacional tenta localizar o pistoleiro, que foi visto por várias testemunhas. Os agentes afirmam que a principal suspeita é de crime passional, mas os investigadores não descartam nenhuma hipótese, que será investigada com o apoio dos agentes da Policia Técnica.

Comentários