Brasileiras são assassinadas e têm a casa incendiada no Japão

Duas brasileiras foram encontradas mortas no dia 30 de dezembro em um apartamento incendiado na cidade japonesa de Handa, na província de Aichi, a 340 quilômetros de Tóquio. Uma delas é Akemy Maruyama, de 27 anos, nascida em Campo Grande. A polícia japonesa ainda não identificou o outro corpo, mas acredita que seja da irmã de Akemy, Michelle Maruyama, de 29 anos.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

No dia 30 um apartamento foi incendiado em Handa (Aichi), onde dois corpos foram encontrados nos destroços.

Segundo informações da polícia no dia 31, após perícia constatou-se que os corpos eram de duas mulheres e que as mortes foram causadas por asfixia por estrangulamento.

Polícia investiga morte de jovem em cidade próxima de Tóquio (Foto: Reprodução/ TV Morena)
Polícia investiga morte de jovem em cidade próxima
de Tóquio (Foto: Reprodução/ TV Morena)

A data provável das mortes ocorreu no dia 29, sendo que posteriormente o apartamento foi incendiado com gasolina.

Já foi iniciada a investigação do caso. Até agora, sabe-se que Akemy vivia com duas crianças no apartamento, que no momento encontram-se sob proteção da polícia.

A polícia espera identificar a segunda vítima e também está examinando o local do crime.

Com Informações NKK

Comentários

comentários