Brasil vira sobre a Rússia e abre com vitória terceira fase do Mundial

Gazeta Esportiva.com

Buscando o quarto título Mundial de vôlei, o Brasil abriu a terceira fase da competição, disputada em Turim, na Itália, diante de uma pedreira neste quarta-feira. Querendo a revanche após dura derrota na Liga das Nações deste ano, a Seleção encarou a Rússia na estreia do Grupo I e depois de sair atrás em um duelo bastante equilibrado, a equipe verde e amarela conseguiu a virada e venceu por 3 sets a 2, com parciais de 20/25, 21/25, 25/22, 25/23 e 15/12.

Nesta etapa da competição, há duas chaves. No Grupo I, além de Brasil e Rússia está ainda nada menos que Estados Unidos. Já o Grupo J é composto por Itália, Polônia e Sérvia. Os times não carregam seus resultados da segunda fase e começam zerados. Os dois melhores avançam às semifinais. A grande decisão está marcada para o próximo domingo, dia 30, às 15h30 (de Brasília).

Brasil e Rússia jpa se enfrentaram três vezes neste ano (Foto: Reprodução/Instagram)

O Brasil começou muito bem no jogo, com destaque para o bom desempenho no saque e no bloqueio. A Rússia, porém, não ficava para trás, e as seleções travaram um duelo para lá de equilibrado no primeiro set, sem que nenhum dos times conseguisse abrir mais de três pontos de vantagem. A equipe verde e amarela, no entanto, acabou bobeando no fim e deixou os russos enfim abrirem diferença e colocarem cinco pontos de frente, pontos estes que definiram a primeira parcial.

O segundo set seguiu o mesmo roteiro do primeiro. Equilíbrio do começo ao fim e desfecho igual. Com as equipes mantendo a diferença no marcador na casa do dois pontos, o Brasil voltou a vacilar no final da parcial e cometeu erros cruciais. A Rússia aproveitou então para abrir vantagem e colocou quatro pontos de frente, chegando ao set point. Os brasileiros ainda salvaram um deles, mas não foi suficiente e os russos abriram 2 a 0.

O terceiro set também seguiu o roteiro dos dois primeiros, mas desta vez, o final foi diferente. Depois de nova parcial extremamente equilibrada, quem se impôs no fim foi o Brasil, que abriu vantagem e fechou o set, diminuindo a diferença no placar geral.

A quarta parcial foi igualmente parelha. O time verde e amarelo se manteve à frente em boa parte da parcial e parecia se encaminhar para a vitória. No entanto, a Rússia, sempre na cola no marcador, empatou o placar no final do set e dificultou a vida brasileira. A Seleção, porém, não se abalou e voltou a se impor, chegando ao set point. Depois de desperdiçar os dois primeiros, não perdoou no terceiro e fechou a parcial, deixando tudo igual em Turim.

O tie-break seguiu a mesma escrita do resto do jogo. Equilíbrio do início ao fim, com as equipes alternando pontos. Inteiro na partida e com muita raça, o Brasil enfim conseguiu abrir vantagem confortável, se impôs e chegou ao suado set-point. Perdeu os dois primeiros e depois do pedido técnico de Renan Dal Zotto, voltou para quadra e decretou o triunfo.

Confira a tabela do Grupo I

26/09 – quarta-feira 12h* – Brasil 3 x 2 Rússia

27/09 – quinta-feira 12h* – Estados Unidos x Rússia

28/09 – sexta-feira 12h* – Brasil x Estados Unidos

Comentários