Brasil vence EUA avançando à semifinal em primeiro na chave

Gazeta Esportiva.com

Os brasileiros buscam espaço na quinta final seguida (Foto: FIBV)

Tendo perdido apenas uma partida do Campeonato Mundial até agora, para a Holanda, os brasileiros avançaram às semifinais em primeiro lugar no grupo I, depois de levarem a melhor em cima dos norte-americanos, nessa sexta-feira. Até então invictos em solos italianos, os representantes dos Estados Unidos mostraram pouca resistência e foram superados com parciais de 25/20, 25/18 e 25/19.

Desta vez, o time nacional estava sob o comando do auxiliar técnico Marcelo Fronckowiack, já que Renan Dal Zotto, está suspenso da partida por “conduta imprópria”. Isso porque, no jogo contra a Rússia, o comandante soltou uma bola em quadra no meio da partida e foi punido.

Mesmo sem contar com Renan, os brasileiros começaram bem. Eles souberam responder rápido para anular os bloqueios dos rivais na primeira parcial. Na etapa seguinte, foram dominantes e deram poucas chances aos adversários, contando com o bom vôlei de Evandro. Na etapa decisiva, voltaram a fazer boas jogadas para fecharem o embate.

Agora, nas semifinais, o time busca espaço na decisão, lugar em que esteve no últimos quatro Mundiais. Com os Estados Unidos se poupando no embate, as equipes podem voltar a se enfrentar na final.

Evandro brilhou no embate (Foto: FIVB)

O jogo
Tendo em quadra William, Evandro, Douglas, Maurício Souza e Eder, além de Thales como líbero, os representantes  do verde e amarelo viram Kadu impondo bons lances de início para abrir vantagem brasileira. Com* bloqueios dos norte-americanos e pontos lá e cá, o embate seguiu acirrado.

McDonnell fez bom saque, com um ace, e deixou os EUA temporariamente à frente. Logo, foi a vez de Douglas Souza revidar e mandar a bola direto para o chão, devolvendo a liderança aos brasileiros, que seguiam fazendo bons bloqueios para abrir 18 a 12.

Erros de Bruninho e companhia deixaram os rivais encostarem, mas Evandro conseguiu atacar da ponta para fechar a primeira parcial. Ele também foi o responsável pelo primeiro ponto dos brasileiros na etapa seguinte.

Com uma vantagem confortável, Evandro ainda conseguiu cravar dois aces consecutivos para deixar a equipe nacional dominando. Os rivais esboçaram reação e pressionaram os brasileiros, que responderam com Wallace fazendo ace e fechando o segundo set.

Na terceira parcial, o jogo seguiu parecido: brasileiros fazendo boas jogadas e norte-americanos mostrando pouco de seu vôlei. A Seleção chegou a se desconcentrar e ceder pontos, mas, ainda na vantagem, conseguiram administrar bem a situação para vencer.

Comentários