Brasil vai à final do handebol feminino após golear o Uruguai e mirar o tetra

A seleção brasileira feminina de handebol parece não ter rivais à altura na busca do tetracampeonato dos Jogos Pan-Americanos. Nesta quarta-feira, a vítima foi o Uruguai pelas semifinais em Toronto.

Brasil despacha Uruguai pela semifinal do handebol feminino (Foto: Globoesporte.com)
Brasil despacha Uruguai pela semifinal do handebol feminino (Foto: Globoesporte.com)

As atuais campeãs mundiais mais uma vez venceram com tranquilidade, por 40 a 22, e garantiram presença na decisão do Pan.

A artilheira do jogo foi Fernanda, com oito gols, seguida de perto por Deonise, com sete. O adversário do Brasil sairá do duelo entre Argentina e México. As duas seleções se enfrentam ainda nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília).

A equipe do técnico Morten Soubak está com 100% de aproveitamento na competição. Na fase classificatória, venceu os três jogos que disputou: Porto Rico (38 x 21), Canadá (48 x 12) e México (34 x 19). Nenhuma das vitórias foi por menos de 15 gols.

O JOGO

O Brasil começou a partida assim como na fase classificatória, marcando e não deixando as adversárias jogarem. Fernanda, Ana Paula e Deonise abriram vantagem logo nos minutos iniciais.

As uruguaias até tentaram se manter por perto, com bons lances da número 4 Martina Barreiro. Mas de nada adiantou. Aos poucos, Alê foi se soltando, Deonise ampliando o placar, e aí já ficava difícil para as rivais.

Com uma boa vantagem de cinco gols, o técnico Morten Soubak colocou as reservas em quadra. Jessica Quintino e Amanda Andrade corresponderam. Nos segundos finais, Morten parou o jogo e armou o último ataque. Deu certo. Ana Paula, no estouro do cronômetro, levou o Brasil para o intervalo com sete de frente: 18 x 11.

Mandando no jogo, o Brasil seguiu com o controle na segunda etapa, sempre mantendo uma distância de segurança no placar. Abriu 22 a 12, chegou a 27 a 15, 37 a 21, sempre com Fernanda e Deonise disputando a artilharia do jogo.

No fim, o placar de 40 a 22 ilustrou bem como foi o confronto, e as brasileiras seguem a passos largos em busca do tetra no Pan.

Com Globoesporte.com

Comentários

comentários