Brasil garante três duplas femininas nas oitavas da etapa de Moscou

Gazeta Esportiva.com

Estreando na etapa quatro estrelas de Moscou, na Rússia, o Brasil teve vitórias importantes na chave feminina. Foram seis vitórias em sete jogos de duplas do país nesta quinta-feira, com três delas avançando às oitavas de final invictas: Ágatha/Duda, Carol Solberg/Maria Elisa e Maria Clara/Elize Maia.

Ana Patrícia e Carol Horta, por sua vez, foram derrotadas na estreia, mas seguem com chances de irem à repescagem.

As adversárias das brasileiras nas oitavas de final serão conhecidas apenas nesta sexta-feira, quando a fase de grupos e a repescagem forem encerradas. As finais da competição válida ocorrem neste domingo. O Brasil é o atual campeão no naipe feminino em Moscou, tendo vencido na temporada passada com a então dupla formada por Larissa/Talita.

Brasil garante três duplas nas oitavas de final (Foto: Divulgação/FIVB)

Maria Clara e Elize Maia, que avançaram à fase de grupos após vencerem no classificatório, superaram no primeiro jogo as alemãs Laboureur e Sude por 2 sets a 1 (21/16, 10/21, 15/13), em 43 minutos. Horas depois, em jogo valendo o primeiro lugar do grupo C, vitória contra Tina e Anastasija, da Letônia, por 2 sets a 1 (21/16, 16/21, 15/9), também em 43 minutos de duração.

As vice-líderes do ranking mundial, Ágatha e Duda, também começaram com duas vitórias consecutivas. Estrearam vencendo as russas Abalakina e Dabizha por 2 sets a 0 (21/13, 21/15), em 28 minutos e na partida dos vencedores, valendo liderança da chave B e vaga antecipada nas oitavas, vitória por 2 sets a 0 (21/19, 21/14) sobre as norte-americanas Emily Day e Betsi Flint, em 33 minutos de duração

“Foi um bom dia. Nós estávamos realmente focados em ter uma boa estreia na fase de grupos. Nos últimos torneios nós garantimos a vitória no primeiro jogo e isso é sempre um grande objetivo para nós. Agora temos um jogo a menos, mais descanso e normalmente o sorteio deve ser melhor para nós, em teoria. Estamos felizes, conseguimos o que queríamos hoje”, destacou Ágatha.

Carol Solberg e Maria Elisa também largaram bem, vencendo primeiro as russas Bocharova e Voronina, com duplo 21/13, em 28 minutos e na sequência, triunfaram sobre as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli por 2 sets a 0 (21/17, 21/19), em 39 minutos, garantindo a vaga para as oitavas e a liderança do Grupo D.

Ana Patrícia e Carolina Horta, porém, largaram sem vitória, mas seguem com chances de avançar. Na estreia, foram derrotas para as finlandesas Taru Lahti e Anniina Parkkinen por 2 sets a 0 (21/15, 21/17), em 33 minutos. Nesta sexta-feira, enfrentam as russas Moiseeva/Syrtseva e precisam vencer para avançar à repescagem da competição.

Comentários