Brasil está pronto para pagamentos pelo celular, diz Samsung

A Samsung acredita que o Brasil está pronto para os pagamentos realizados por celulares em lojas físicas, deixando para trás, aos poucos, o cartão bancário tradicional.

Em entrevista a EXAME.com, Roberto Soboll, gerente sênior de smartphones na Samsung Brasil, informou que grande parte dos terminais de pagamento tem suporte para NFC, a tecnologia de comunicação por proximidade usada por celulares.

Foto Divulgação Samsung
Foto Divulgação Samsung

ADVERTISEMENT

“O Brasil já usa a tecnologia de smartphones como o Primeiro Mundo”, afirmou Soboll.

Segundo números divulgados pela Cielo, mais de 70% da sua rede de terminais pagamentos está preparada para uso da tecnologia NFC.

A Samsung está para lançar no Brasil o serviço chamado Samsung Pay, que, no mundo, rivaliza com o Apple Pay, utilizado em iPhones. O serviço da Apple ainda não tem previsão de chegada ao país, apesar da empresa negociar com bancos um futuro lançamento. No caso da Samsung, a declaração oficial é um vago “em breve”.

O executivo ressalta que a penetração de smartphones no mercado brasileiro é muito alta e que o ecossistema de pontos de vendas é avançado em relação a outros países, como a Índia ou mesmo os Estados Unidos.

No entanto, Soboll diz que os brasileiros não irão trocar os cartões de plástico pelos smartphones de uma só vez. “Teremos que aguardar um tempo de amadurecimento. Mas o uso vai fazer com que a tecnologia de pagamentos cresça”, afirmou.

Para que o Samsung Pay dê certo, a empresa acredita que será necessário que o usuário perceba que ele pode usar o celular para pagar várias coisas no dia a dia, o pão na padaria ou a gasolina no posto, para citar alguns exemplos.

“Tem que ser simples. A sua mãe tem que ser capaz de usar, ou seja, não pode ser algo restrito para quem tem intimidade com tecnologia”, declarou o executivo.

Os smartphones que funcionam com o Samsung Pay têm uma trust zone para guardar os dados bancários dos usuários. “Essa região é segura, truncada dentro do aparelho. Junto com o token, o smartphone gera uma solução segura para pagamentos”, disse.

Para realizar uma compra com o celular, o usuário precisa abrir o app, inserir a sua impressão digital para fazer a autenticação e encostar o aparelho em um terminal de pagamento.

Fora a praticidade de não levar cartões na bolsa ou na carteira, as tecnologias de pagamentos móveis contam com uma facilidade no caso de perda ou furto: o cancelamento automático de todos os cartões de débito e crédito cadastrados no smartphone.

Mas não são todos os smartphones que têm suporte para essa tecnologia de pagamento. Dos produtos da empresa disponíveis no Brasil, o Galaxy Note 5, o S6 comum, o S6 Edge e sua versão maior podem efetuar compras. E se você está se perguntando se o Samsung Pay vai funcionar com smartphones de outras marcas, a resposta é não.

É válido lembrar que, em agosto deste ano, o Banco do Brasil lançou o serviço Ourocard-e, que permite realizar pagamentos com smartphones em estabelecimentos nacionais – também utilizando o NFC.

INFO

Comentários

comentários