Brasil envia para Venezuela 1,6 milhão de doses de vacina contra febre aftosa

Para evitar que a febre aftosa migre para o Brasil, o governo brasileiro vai enviar 1,6 milhão de doses de vacina contra a doença à Venezuela. Deste total, 800 mil são para a área de fronteira entre os dois países.

Um dos objetivos é vacinar 100% do rebanho de Bolívar, estado venezuelano que faz fronteira com Roraima. Ao mesmo tempo, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento prevê uma estratégia de cadastro de propriedades, inspeção clínica dos animais e coleta de amostras. Os dados coletados serão enviados para o laboratório brasileiro em Pedro Leopoldo (MG), referência internacional para febre aftosa.

Imunização

Segundo o diretor do Departamento de Saúde Animal do ministério, Guilherme Marques, o Brasil vai doar 20 milhões de doses, das quais 500 mil já foram enviadas. As doses restantes ficam sob a guarda do ministério brasileiro e devem ser buscadas por aeronaves venezuelanas.

Comentários