Brasil consegue duas vagas nas oitavas do vôlei de praia em Doha

Gazeta Esportiva.com

Outras duas duplas conseguiram vagas na repescagem (Foto: Divulgação/FIVB)

Duas duplas brasileiras garantiram vaga nas oitavas de final da etapa de Doha, no Catar, do Circuito Mundial de vôlei de praia 2019. Os classificados de forma direta foram Pedro Solberg/Vitor (RJ/PB) e Guto/Saymon (RJ/MS), ao passo que Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Alison/André (ES) tiveram um tropeço e começam a próxima fase partindo da repescagem.

Pedro e Vitor Felipe começaram batendo os suíços Mirco Gerson e Adrian Heidrich por 2 sets a 1 (21/17, 24/26, 15/13), e depois superaram os holandeses medalhistas olímpicos e campeões mundiais Brouwer/Meeuwsen: 24/22, 19/21, 15/13. Já Guto e Saymon, estrearam com vitória sobre os norte-americanos Tri Bourne/Crabb por 2 sets a 0 (21/17, 21/12), e na sequência triunfaram sobre os estonianos Nolvak/Tiisaar por 2 sets a 0 (21/18, 21/18).

“É muito importante sair em primeiro do grupo aqui no Circuito Mundial. Você faz um jogo a menos, consegue descansar mais e ainda pode analisar mais o adversário. Tínhamos poucas informações dos dois times que enfrentamos hoje. Jogamos uma vez contra o time dos EUA e havíamos perdido, e a Estônia é um time que quase não joga os eventos mundiais. Nunca tínhamos enfrentado e não conhecíamos também. Foram dois jogos muito difíceis e agora o importante é focarmos no descanso e cuidar do corpo”, disse Guto.

Alison e André Stein (ES), por outro lado, começaram perdendo para os austríacos Robin Seidl e Philipp Waller por 2 sets a 1 (21/12, 21/23, 15/9), mas depois bateram os chineses Peng Gao e Yang Li por 2 sets a 1 (19/21, 21/19, 11/15), garantindo vaga na repescagem.

Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) fizeram o contrário, vencendo os compatriotas Ricardo e Álvaro Filho (BA/PB) por 2 sets a 0 (21/19, 21/13) na estreia e caindo posteriormente para os italianos Nicolai e Lupo, vice-campeões olímpicos, por 2 sets a 0 (21/19, 21/16). Com o segundo lugar da chave, a dupla também vai para a repescagem.

Comentários