Bolsonaro vai à Vila assistir ao clássico entre Santos e São Paulo

Agências

(Alan Santos/PR e Pablo Rey/VEJA)

O presidente Jair Bolsonaro disse que irá neste sábado ao estádio da Vila Belmiro para assistir ao clássico entre Santos e São Paulo, partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto e por fontes ligadas ao clube santista. Bolsonaro passará o feriado da Proclamação da República no Forte dos Andradas, instalação do Exército brasileiro localizada no Guarujá (SP), cidade litorânea vizinha a Santos.

Antes mesmo da confirmação da intenção de Bolsonaro de ir ao jogo do Santos, a torcida do alvinegro praiano já havia se mobilizado nas redes sociais contra a presença do presidente da República no estádio. No início da noite da quarta-feira 13, a hashtag #BolsonaroNaVilaNão se tornou o assunto mais comentado do Twitter no Brasil.

As tratativas para a recepção de Bolsonaro estão sendo conduzidas pessoalmente pelo presidente do clube, José Carlos Peres. A expectativa é que o presidente da República acompanhe a partida do camarote de Peres. O clube afirma que a operação não é fácil, mas que trabalha para viabilizar a ida da comitiva presidencial ainda neste feriado.

Perguntada sobre se o convite partiu da direção santista ou se foi um pedido de Bolsonaro, uma pessoa próxima a Peres afirma que eles irão “respeitar a hierarquia e confirmar o que disser o presidente [Jair Bolsonaro]”. A assessoria do Santos informa apenas que “informações sobre a visita devem ser buscadas junto à presidência da República”.

Quem não gostou da presença de Bolsonaro no estádio foi o técnico do Santos, o argentino Jorge Sampaoli. Apoiador declarado de movimentos populares como os que protestam há um mês no Chile, Sampaoli espera não ter nenhum contato direto com o presidente brasileiro antes ou depois do clássico.

Comentários