Bolsonaro diz que não come carne no Japão até mercado ser aberto a brasileiros

Silvio Mori / Tóquio

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (21), que não irá comer carne no Japão, devido as restrições às carnes brasileiras. O comentário em tom de brincadeira, faz parte do esforço do governo em abrir o mercado para produtos agropecuários.

Bolsonaro esta no país para e entronização do imperador Naruhito e deve se encontrar com o primeiro ministro japonês Shinzo Abe.

O objetivo do encontro é discutir a ampliação de exportação do mercado brasileiro com o Japão, que tem o setor do agronegócio como foco principal.

Durante um passeio por Tóquio ,nesta segunda-feira (21), Bolsonaro disse que a carne brasileira é superior às exportadas para a Ásia, como a australiana.

O presidente também mencionou a possibilidade do Brasil exportar a cachaça para o Japão. “Mas se o Lula não conseguiu…”, comentou em tom irônico.

Comentários