Boletim SES: Nas últimas 24h, MS registrou 73 óbitos em decorrência da Covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde do Mato Grosso do Sul (SES), divulgou no fim da manhã deste sábado (12) através de boletim epidemiológico os dados atualizados da situação de pandemia de covid-19 no Estado.

As informações vem sendo compartilhadas diariamente como forma de manter a população a par das questões que cercam a situação da saúde, visando que com a chegada destes dados as pessoas possam contribuir com as medidas de fretamento ao vírus.

Dados atualizados

Segundo atualização das últimas 24 horas, vieram a óbito no Estado um total de 73 pessoas, que perderam a vida para o vírus. Foram confirmadas até o momento 7.439 mortes, elevando a média móvel de óbitos para próximo de 50, colocando o Estado como o maior no número de incidência de mortes.

Campo Grande (21 mortes); Três Lagoas (+9); Corumbá e Dourados perderam 5 pacientes cada; Ponta Porã (+4); Aquidauana, Miranda, Ivinhema, São Gabriel do Oeste e Selviria perderam 2 pacientes cada. Em Caarapó, Ladário e Naviraí houve registro de 2 óbitos. O número de infectados no último dia é de 1.766 novos casos, número, que segue em ascensão, despertando a preocupação no órgão responsável pela saúde.

Dentre as cinco cidades com maior incidência de casos, a capital do Estado, Campo Grande, continua sendo o epicentro da doença. No dia de hoje foram registrados mais 523 casos do coronavírus. Em seguida vem Dourados com +148; Três Lagoas +104; Corumbá +64 e Aquidauana +58 novos casos.

Até o momento são 312.392 casos confirmados em MS. Muitos quadros seguem realizando isolamento em suas residências, que segundo o boletim de hoje somam 19.056. Já os pacientes que seguem em tratamento nas unidades hospitalares públicas são 474 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 416 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves. O total de internados é de 1.229, entre as redes públicas e privadas de saúde apresentando acréscimo.

Lista de espera para os que aguardam por um leito de tratamento de covid no Estado, não para de subir, contribuindo ainda mais para o colapso já instalado na saúde.  A Central de Regulação de Campo Grande informa mais de 170 pessoas em lista de espera. Conforme informações da SES, a disponibilidade de leitos de UTI destinados a Covid na Capital é de mais de 100%, onde tem sido necessário a criação de leitos improvisados.

As notícias positivas também são de relevância, trazendo então um total de 284.668 recuperados no decorrer da pandemia. Encontram se aguardando para análise 4.787 amostras no Laboratório Central de Mato Grosso do Sul (Lacen) que está operando com sobrecarga. Segundo informações da SE, o processamento dos resultados leva em média 72 horas.