Biblioteca da Semed abre para servidores e alunos da Capital

Foto: divulgação Semed

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) de Campo Grande possuí a biblioteca “Professora Elisa Soares Dias Lima”, que voltou a ser aberta a comunidade, em especial aos estudantes do município. O espaço é localizada no Cefor (Centro de Formação) da Secretaria, que fica na Vila Margarida, região norte da Capital. A biblioteca, que tem pelo menos 6 mil peças noa cervo, já está aberta para servidores, professores e alunos da Rede Municipal que desejam realizar pesquisas ou retirar exemplares para ler em casa.

A responsável, a bibliotecária Rosilene de Melo, explica que o espaço, que também é comunitário, foi inaugurado em 2009, mas repensado para reabrir este ano. “O local vem sendo reorganizado desde o início de janeiro para que os professores possam utilizá-lo antes do dia 6 de fevereiro, quando começam as aulas. A ideia é que eles possam vir aqui consultar obras que ajudem, inclusive, no planejamento das aulas”, destaca.

A biblioteca conta com 4 mil exemplares, a maioria voltada para a área de educação, mas também há obras de literatura infanto-juvenil e infantil, além dos clássicos da literatura brasileira. Os temas das obras abrangem desde a cultura regional, com obras do poeta Manoel de Barros e pesquisadores de MS. Há livros sobre reforma agrária, passando por Direito, Ciências Políticas e Economia. O espaço ainda conta com 2 mil periódicos, também abrangendo a área de Educação.

Para retirar exemplares do local, basta realizar um cadastro e preencher uma ficha com dados pessoais. O espaço também recebe doações de exemplares, mas a bibliotecária ressalta que é necessário que os títulos sejam atualizados.

Outros materiais

Para quem optar em realizar as pesquisas no local, a biblioteca dispõe de computador e mobiliário para leitura. A biblioteca tem ainda coleções de DVDs, como a da TV Escola, elaborada pelo Ministério da Educação e que destaca temas relacionados ao Ensino Médio e sugestões de abordagem de temas variados em sala de aula.

Para as crianças da Educação Infantil, há DVDs com sugestões de atividades ao ar livre e dicas sobre como trabalhar temas que variam de convivência até respeito entre os colegas, além de desenhos animados e programas educativos.

De acordo com a bibliotecária, uma das características do espaço é desenvolver projetos culturais entre os educadores e para este ano o objetivo é abordar a biblioteca como instrumento pedagógico. “Toda biblioteca é um espaço rico de aprendizagem e queremos incentivar isto entre os profissionais da educação e alunos”, conclui Rosilene.

A biblioteca fica na Rua Onicieto Severo Monteiro, 460, Vila Margarida.

Comentários