Beth Puccinelli ameaça fazer delação premiada, afirma colunista

O jornalista Lauro Jardim, do Jornal O Globo, afirmou em sua coluna neste domingo (14) que Beth Puccinelli, mulher do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, ameaça negociar uma delação premiada caso o político não seja solto até o dia 31 de dezembro. Puccinelli, o filho André Júnior e o advogado João Paulo Calves, estão presos desde o dia 20 de julho, como consequência das investigações da Operação Lama Asfáltica.

Mulher de Puccinelli diz que vai esperar até dezembro, se não houver movimentação, delação será feita

Conforme Lauro Jardim, “sempre que a mulher de Puccinelli tem essas conversas, a orelha de Carlos Marun arde”. André segue preso juntamente com o filho André Puccinelli Júnior, no Centro de Triagem Anísio Lima.

MARUN

Citado, Marun publicou nota neste domingo rebatendo a informação. Na mensagem enviada ao Jornal O Globo, o político afirmou que “quem faz delação são bandidos e não pessoas honradas como a Dona Beth Puccinelli”.

Marun também chamou de “fofoca” a informação publicada. “Este pessoal não é acostumado a tratar com gente que não tem medo da verdade e sonham com uma delação que venha a realmente me comprometer (sic). Me preocupam fofocas, obtidas através de chantagem, mas não temo delações reais, acompanhadas de provas, vindas de onde vierem”, concluiu o ministro.

Comentários