Bernal decreta moratória por 90 dias

O prefeito Alcides Bernal (PP) publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (10), decreto suspendendo o pagamento a fornecedores e prestadores de serviços da prefeitura de Campo Grande pelo prazo de 90 dias.

Alcides Bernal (PP), já havia adiantado que tomaria tal medida.
Alcides Bernal (PP), já havia adiantado que tomaria tal medida.

Conforme consta na publicação, ficam de fora os compromissos relacionados a prestação de serviço nas áreas de saúde, educação, assistência social, além dos pagamentos determinados por medida judicial. A assessoria do prefeito Alcides Bernal (PP) garante que a medida não compromete serviços como o de tapa-buraco, manutenção da iluminação pública, que continuarão sendo feitos, embora os prestadores de serviço só voltem a receber em dezembro ou só em janeiro.

Bernal justifica a medida alegando que será feito levantamento detalhado das receitas e despesas do município, uma vez que a prefeitura trabalha, atualmente, com déficit, ou seja, mais despesas do que receita.

Consta no decreto que “a suspensão de que trata o caput deste artigo aplicar-se-á ao pagamento de quaisquer despesas, vencidas ou vincendas, liquidadas ou não, inclusive as decorrentes de convênio que impliquem na transferência de recursos financeiros do Município em desatendimento ao disposto no § 1º deste artigo”.

Comentários

comentários