Bernal reclama de antecessores “a nossa cidade parece feita de açúcar”

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), voltou a alfinetar as administrações do PMDB nesta quinta-feira (28), em evento público na Capital.

Bernal:"Ruas da cidade parecem ser de açúcar" (Foto: Divulgação)
Bernal:”Ruas da cidade parecem ser de açúcar” (Foto: Divulgação)

Ao falar da contenda dos buracos nas vias de Campo Grande, que atormentam a vida dos motoristas, Bernal disse que a cidade “parece ser de açúcar”.

O termo foi utilizado para o progressista ilustrar a sensibilidade, ao seu ver, do asfalto das vias da Capital que tem cedido, com grande velocidade, às enxurradas ocasionando o aparecimento de até crateras em meio às ruas.

Na entrevista que deu a jornalistas que o acompanharam em ato público nesta manhã, Bernal disse que o problema dos buracos deverá ser resolvido em um mês. Isso, segundo ele, se ‘o tempo ajudar’.

Bernal atacou o que ele chamou de gastos exagerados e inaceitáveis de seus antecessores na malha viária local, que chegaram, nas suas contas, a R$ 272 milhões, recursos que dariam para uma requalificação geral das vias da Capital.

O prefeito disse que já investiu R$ 2 milhões na atual operação tapa-buracos, o que deu para tapar cerca de 50 mil buracos na cidade.

Comentários

comentários