Bernal pede ajuda ao governo para arrumar trecho da Lúdio Martins

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Amilton de Oliveira, estiveram  na avenida Lúdio Martins Coelho (PAC Lagoa), em frente ao conjunto habitacional Bonança, quase esquina com a Rua das Árvores. No local onde  o asfalto cedeu, verificaram que o trecho não faz parte das obras feitas pela Prefeitura de Campo Grande e sim pelo governo do Estado.

Prefeito Alcides Bernal (Foto: Divulgação )
Prefeito Alcides Bernal (Foto: Divulgação )

“Esta é uma situação que precisa ser resolvida emergencialmente por causa do risco de acidentes. Há dois anos, um veículo afundou num trecho mais adiante desta mesma rua, na pista centro/bairro e foi necessário indenizar o dono do carro, custo dividido entre a Prefeitura e a Água Guariroba”, explica o Alcides Bernal.

O Secretário Amilton de Oliveira informou que o local é exatamente o trecho que fica sobre um nascente que deságua no Lagoa. Ele explica que depois da visita na avenida ele enviou um comunicado ao diretor presidente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) Marcelo Miglioli, para que fosse tomada as devidas providências para sanar os problemas nesse trecho.

Para reforçar o pedido, Amilton de Oliveira irá se reunir amanhã às 17 horas na Agesul para tratar desse problema e de outros para melhorar a qualidade de vida do campo-grandense.

A via foi entregue em 2012 na gestão de Nelson Trad Filho (PMDB) e o projeto foi executado pela Proteco, empresa que está sob investigação na Operação Lama Asfáltica e cujo proprietário, João Amorim, atualmente está preso.

Comentários

comentários