Belfort e Weidman se enfrentam por feito histórico e cinturão no UFC

O UFC 187, disputado neste sábado em Las Vegas (EUA), promete ser histórico para o esporte. E a luta mais esperada, curiosamente, é o co-main event, que opõe o desafiante Vitor Belfort e o campeão Chris Weidman. Em jogo, a possibilidade de fazer história, de ambos os lados.

Para o brasileiro, é a oportunidade de conquistar seu terceiro título no UFC, algo nunca alcançado por lutadores do evento. Nomes como BJ Penn e Randy Couture já foram campeões de duas categorias diferentes, mas Vitor seria o primeiro a ter três conquistas em três divisões. Ainda que não tenha sido o campeão linear dos pesados, ele conquistou o GP do UFC 12 e depois foi campeão dos meio-pesados, no UFC 46. Ganhar o título dos médios o colocaria em um patamar histórico e inigualável.

– Eu não estou focado em ser campeão de uma luta. Estou focado em ser o campeão. Foi uma preparação árdua, não poupei sacrifícios. Já olhei meu oponente nos olhos e estou preparado. Sinto que esse é o meu momento, é a minha hora. Não me preocupo com ele, não está na minha mente. Só me preocupo com o que vou fazer para ganhar – comentou o Fenômeno, evitando tocar no significado histórico de sua possível conquista.

Para o adversário de Belfort, vencê-lo significa fixar seu nome entre os grandes campeões dos médios, como Anderson Silva e Rich Franklin. Além disso, Weidman também poderá se tornar “oficialmente” a pedra no sapato dos brasileiros. Até agora, em 12 lutas (e 12 vitórias), o americano já superou quatro atletas tuíniquins: Valdir Araújo, Demian Maia, Anderson Silva (duas vezes) e Lyoto Machida. Recém-graduado faixa-preta de jiu-jitsu do brazuca Renzo Gracie, o campeão garante que Vitor será o último brasileiro “veterano” que terá de enfrentar por muito tempo.

– Minha vitória contra o Vitor vai representar o fim dessa Era onde enfrento esses caras brasileiros que já estiveram no topo do esporte algum dia. Sinto que sou superior a todos eles e vou continuar. Foi assim com Anderson e Machida. Vitor não vai me parar. Eu o respeito, mas me vejo em outro nível, tenho muito a conquistar no esporte – declarou o atual campeão.

Fique ligado no LANCE! para acompanhar a cobertura completa e a transmissão em tempo real do UFC 187 direto de Las Vegas (EUA). Além de Belfort x Weidman pelo título dos médios, o show conta ainda conta com a disputa de cinturão dos meio-pesados entre Anthony Johnson e Daniel Cormier.

Confira as lutas do UFC 187
Daniel Cormier x Anthony Johnson
Chris Weidman x Vitor Belfort
Donald Cerrone x John Makdessi
Travis Browne x Andrei Arlovski
Joseph Benavidez x John Moraga

Card preliminar

John Dodson x Zach Makovsky
Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Uriah Hall x Rafael Sapo
Rose Namajunas x Nina Ansaroff
Mike Pyle x Colby Covington
Leo Kuntz x Islam Makhachev
Josh Sampo x Justin Scoggins

LANCENET

Comentários

comentários