Beijo da morte: Gay acaba morto por ex de mulher que beijava no São Conrado

Lúcio Borges

O desejo falou mais alto, mas homem encontra ‘beijo da morte’ ao ser esfaqueado após beijar mulher atrás de carreta no bairro São Conrado, região Oeste de Campo Grande. A vitima foi identificada como Valdivino Matias, de 55 anos, que morreu esfaqueado já na manhã deste sábado (15), na rua Leão Zardo, daquele bairro na saída para Sidrolândia. A vítima, se envolveu ou foi envolvido em um ‘triangulo amoroso’, onde estava beijando uma mulher no meio da rua, atrás de uma carreta. Mas, Matias foi denunciado pelo seu então namorado, que o levou a ser surpreendido pelo ex-marido da acompanhante, que lhe deu uma facada no peito.

O delegado Rafael Kenji, que atendeu a ocorrência, detalhou a situação, onde que testemunhas apontaram que Valdivino estava bebendo em um bar com outro homem, com quem supostamente tinha uma relação amorosa, quando sumiu do local. O homem foi procurar Matias e encontrou ele beijando uma mulher atrás de uma carreta, na esquina com a rua Casa Grande.

Assim, não aceitando a situação, e, enciumado, o que seria companheiro de Matias, voltou para o bar e contou para o ex-marido da mulher, que ela estava “se pegando” com outra pessoa atrás do veículo. “Então ex-marido foi até o casal, e ao chegar e ver a cena, deu uma facada no peito de Valdivino e fugiu”, mencionou o delegado.

O socorro foi acionado, mas a vítima morreu na hora. O delegado Kenji esteve no local no crime e analisou as câmeras de segurança da região. O autor segue desaparecido.

Comentários