Batida frontal entre Onix e Fiat Uno mata mulher e deixa quatro feridos

Uma mulher morreu e quatro pessoas ficaram gravemente feridas durante colisão frontal entre Onix e Fiat Uno na noite de ontem (26), no quilômetro 37 da rodovia BR-267, no sentido Bataguassu a Nova Casa Verde, a 335 quilômetros da Capital.

Uma mulher morreu durante o acidente (Foto: Da Hora Bataguassu)
Uma mulher morreu durante o acidente (Foto: Da Hora Bataguassu)

Testemunhas alegaram que o condutor do Onix tentava realizar ultrapassagem e não conseguiu, causando a batida.

De acordo com o Da Hora Bataguassu, no Onix estavam cinco ocupantes, quatro adultos e uma criança de aproximadamente um ano de idade. Com o forte impacto da colisão, uma das passageiras, que estava no banco de trás do veículo, morreu na hora.

A ocupante que seguia no banco do passageiro da frente ficou presa às ferragens e foi retirada pelos bombeiros. Já um homem que seguia no banco de trás do veículo foi encaminhado ao pronto socorro municipal, com possível hemorragia interna. O condutor e a criança não ficaram feridos com o acidente.

No Uno, seguia um casal, moradores em Goiás, e com a colisão também ficaram gravemente feridos. A mulher sentada no banco do carona ficou presa às ferragens e foi removida por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Bataguassu com múltiplas fraturas nas pernas.

O motorista desse carro não chegou a ficar preso ás ferragens, mais sofreu ferimentos graves, entre eles laceração em uma das pernas.

Com o apoio de ambulâncias da Secretaria de Saúde, foram realizadas as remoções das vítimas para o Pronto Socorro Municipal de Bataguassu.

A rodovia BR-267 chegou a ficar interditada nos dois sentidos por cerca de meia hora,  para que fosse realizado o atendimento.

POSSÍVEIS MOTIVOS

Segundo informações de testemunhas, o condutor do Onix, que seguia em direção a Nova Casa Verde, tentava uma ultrapassagem quando colidiu frontalmente com o Uno.

Marcas no local do acidente apontam que o motorista do Uno ainda teria tentado ir para o acostamento, e que o condutor Onix também teria ido para a mesma direção.

Equipes da PRF (Policia Rodoviária Federal) sinalizaram o local e a perícia oficial de Nova Andradina foi quem realizou o trabalho pericial.

Os ocupantes do Uno moram em Goiás e uma das passageiras seria policial militar. As pessoas no Onix vivem em Presidente Prudente (SP).

De acordo com os militares do Corpo de Bombeiros e os agentes da PRF, a criança saiu ilesa por estar na cadeirinha de segurança, que é de uso obrigatório.

Uma equipe da Policia Militar de Bataguassu também esteve no local ajudando os bombeiros no resgate e na sinalização da pista até a chegada de equipes da PRF.

Comentários

comentários