Batedores são baleados em confronto com a polícia e morrem

Foram identificados como Erasmo dos santos, de 41 anos, e Gilmar Leite Lobo, 30 anos, a dupla que morreu na tarde de ontem (22) após troca de tiros com policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) em Amambai.

Conforme informações do boletim de ocorrência, os suspeitos, que eram sogro e genro, estariam realizando o trabalho de ‘batedor’ para uma carga de maconha, e quando viram os policiais se aproximando, fugiram do local com suas motos.

Em seguida iniciou acompanhamento tático e em determinado momento, Erasmo e Gilmar abandonaram as motocicletas e fugiram a pé, quando um dos indivíduos efetuou um disparo de arma de fogo em direção da viatura policial.

Após conseguir localizar os suspeitos, que haviam fugido para uma mata, na beira da rodovia, a equipe do DOF deu a ordem de parada e  que colocassem as mãos na cabeça, mas a dupla não obedeceu e efetuou disparos em direção dos policiais. Os policiais revidaram e teve troca de tiros.

Um deles foi atingido com um tiro no tórax e o outro, dois tiros, também no tórax. Os dois estavam armados. Os suspeitos foram socorridos e encaminhados ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Erasmo e Gilmar moravam em Itaquiraí e tinham envolvimento com drogas.

O caso

Na tarde de ontem (22), a equipe do DOF foi informada, através de denúncia anônima, que um veículo Pick Fiat Strada de cor prata, poderia estar carregado com drogas e seguia pela rodovia MS-386, sentido MS-180 e tinha como ‘batedores de estrada’, dois homens em duas motocicletas.

Em seguida os policiais se deslocaram até a MS-386 e viram as motocicletas. Os suspeitos, ao verem a viatura, recuaram bruscamente iniciando uma fuga e em certo momento, abandonaram as motocicletas e fugiram a pé para uma mata na beira da rodovia. Instantes depois, um dos indivíduos efetuou um disparo de arma de fogo em direção da viatura policial.

A equipe cercou a mata na tentativa de prender os suspeitos e quando conseguiram localizá-los, foi dada a ordem de parada, porém, não foi obedecida.  Em seguida, a dupla efetuou vários disparos em direção dos policiais. A equipe do DOF revidou e os suspeitos foram atingidos.

Os dois estavam com um revólver calibre 38.  Eles foram socorridos e levados ao Hospital Regional de Amambai pela viatura da polícia, onde foram atendidos, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.  A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso.

Comentários