Barcelona quer Paulinho, mas Guangzhou dificulta

Gazeta Esportiva/JP

Paulinho soma 27 gols em 89 jogos pelo Guangzhou (Foto: AFP/Kazuhiro Nogi)

O Guangzhou Evergrande não quer perder Paulinho. O time chinês havia emitido uma nota nesta quinta-feira afirmando que rejeitou a proposta de 20 milhões de euros ( cerca R$ 74,8 milhões) do Barça pelo jogador. Nesta sexta, o Barcelona aumentou a oferta para 25 milhões de euros (quase R$ 94 milhões) e obteve, novamente, uma resposta negativa dos asiáticos.

Nessa nota, o Guangzhou agradeceu ao Barcelona pelo interesse em seu jogador, mas afirmou que ele não está à venda: “Nosso clube deu uma resposta formal ao Barcelona, explicando que rejeitamos a oferta por Paulinho, que não está a venda. Queremos agradecer ao Barcelona por ter demonstrado um alto grau de admiração por Paulinho”.

O interesse pelo brasileiro começou quando o Barça percebeu que não conseguiria contratar Verratti, que deve seguir no Paris Saint-Germain. Paulinho completa 29 anos neste mês de julho e agrada à comissão técnica dos catalães pela sua força física e por ser um “elemento surpresa”, chegando bem ao gol.

Paulinho chegou ao Corinthians em 2010, clube pelo qual se destacou, principalmente pela conquista da Copa Libertadores de 2012 e do Mundial de Clubes no mesmo ano. Em 2013, deixou o Timão para jogar a Premier League pelo Tottenham. Sem muito espaço na equipe inglesa, Paulinho acertou com o Guangzhou da China em 2015 por 14 milhões de euros (aproximadamente 50 milhões de reais), e conseguiu, ainda, a titularidade na Seleção Brasileira com a chegada do técnico Tite.

Comentários