Baby do Brasil e Pepeu Gomes tocarão juntos no Rock in Rio após 30 anos

Depois de quase três décadas sem se apresentarem juntos, Baby do Brasil e Pepeu Gomes farão um show “em família” no Palco Sunset do Rock in Rio. A novidade foi anunciada na tarde dessa terça-feira (23) e o grande responsável pela reunião do casal foi justamente o filho de Baby e Pepeu, Pedro Baby.

Baby do Brasil, Pedro Baby e Pepeu Gomes no Arpoador durante entrevista para anunciar que tocarão juntos no Rock in Rio
Baby do Brasil, Pedro Baby e Pepeu Gomes no Arpoador durante entrevista para anunciar que tocarão juntos no Rock in Rio

“O último show deles juntos foi em 1988, quando eu tinha 10 anos de idade”, disse o músico. “Estou muito feliz de poder ser o interlocutor familiar desse encontro musical”, contou Pedro, que também reconheceu que tinha vontade de promover o reencontro desde que voltou a trabalhar com a mãe, em 2012.

Depois de ter se dedicado à vida religiosa e ter se afastado dos palcos, Baby voltou a se apresentar com o show “Baby Sucessos”, dirigido pelo filho. “Ele [Pepeu Gomes] é um dos compositores da maior parte dos sucessos contidos no repertório do show, por isso ele já acabava sendo num todo uma homenagem a ele”, disse Pedro. “Agora ele vai estar presente e vai ser para o Brasil inteiro ver”, completou a mãe.

Química

Para Pepeu, não é preciso grande esforço para recuperar a química que o casal tinha nos palcos. “Só de beber essa água juntos aqui já recuperamos”, brincou. “Se a gente sair agora e fizer um show vai ser igualzinho há 30 anos. Essas coisas não se perdem. As músicas que nós fizemos nos anos 70 continuam sendo renovadas. Os pais que adoravam a gente agora levam os filhos pra ver os caras que eles gostavam”, disse o cantor.

Baby concorda: “A gente tem uma memória. Imagina morando dez anos juntos, os meninos nascendo, aqueles momentos maravilhosos no sítio. Vai ser como se nenhum segundo de tempo tivesse passado”

Ainda segundo os músicos, foram quase três anos de “amadurecimento” do reencontro e o Rock in Rio apareceu como ocasião “perfeita”. “O primeiro festival, de 1985, é sem dúvida nenhuma um dos pontos mais altos na carreira dos dois, pois trouxe uma visibilidade internacional ao trabalho deles”, conclui Pedro. Naquela apresentação, Baby cantou grávida de oito meses de seu irmão caçula, Pitito.

UOL

Comentários

comentários