Audiência sobre a liberação da “pílula do câncer” acontece hoje na AL-MS

assembleialegislativadomsA Assembleia Legislativa realiza nesta segunda-feira (9), a partir das 14h, a audiência pública sobre a liberação da “pílula do câncer”, que tem gerado polêmica entre os profissionais da medicina. O evento proposto pelo deputado Amarildo Cruz (PT), vai ocorrer no plenário do legislativo, tendo a presença de representantes de órgãos públicos e da saúde.

A audiência terá como objetivo discutir os estudos e testes já realizados com o “fosfoetanolamina”, que se trata de um medicamento usado no tratamento do câncer. Apesar de algumas críticas sobre a sua liberação, a presidente Dilma Rousseff (PT) sancionou lei federal, que permite o uso do compostos, em diagnósticos de tumores malignos.

De acordo com o proponente do evento, esta nova “pílula do câncer”, se trata de mais uma alternativa no combate a doença. “Uma opção ao tratamento e cura de pacientes com algum tipo de câncer, precisa ser amplamente discutida, pois se há uma esperança de cura, com certeza existem milhares de pessoas na expectativa de ter acesso a essa medicação”, disse ele.

Este medicamento foi desenvolvido no Brasil, nos laboratórios da USP (Universidade de São Paulo), no entanto ainda não existem estudos clínicos que atestem a sua eficiência. Assim como há críticas dos médicos, também gera esperança nos pacientes, que desejam usá-lo.

Vão participar desta audiência representantes MPE (Ministério Público Estadual), do Hospital do Câncer Alfredo Abrão, de universidades, da Rede Feminina de Combate ao Câncer, além de advogados e dos próprios pacientes que têm a doença, que desejam usar os novos medicamentos.

Comentários

comentários