Atriz brasileira pagará ao ex pensão de R$ 85 mil por causa de traição

Motivo alegado por cônjuge foi ‘traição’

Morena Baccarin Foto: Reprodução
Morena Baccarin Foto: Reprodução

EUA – Queridinha dos americanos pelas séries de TV, a atriz brasileira radicada nos Estados Unidos Morena Baccarin, de 36 anos, foi condenada a pagar US$ 23 mil (cerca de R$ 85 mil) por mês em pensão ao ex-marido Austin Chick, de 43 anos, que é diretor, escritor e produtor de Hollywood.

O motivo alegado para o pedido de pensão de Austin Chick foi uma suposta traição de Morena. No processo, Chick alega que a ex-mulher engravidou do ator Ben McKenzie — o detetive Jim Gordon na série ‘Gotham’ — em junho de 2015, enquanto eles ainda tentavam “consertar o casamento”.

Segundo o site TMZ, o ex-cônjuge de Morena obteve US$ 2.693 (R$ 10 mil) em “suporte para seu filho” e mais US$ 20.249 (cerca de R$ 75 mil) em “suporte matrimonial”.

O casal, que é pai de um menino de 2 anos, também está travando uma batalha judicial pela guarda do filho. Mas como a atriz brasileira está gravando a série Gotham em Nova York, o menino está morando com a mãe — enquanto o pai vive em Los Angeles e tem um apartamento custeado pela atriz na Big Apple.

Filha do jornalista Fernando Baccarin e da atriz Vera Setta, Morena nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se com a família para os Estados Unidos quando tinha 7 anos.

A falta de sotaque e o gingado americano garantiram a Morena o estrelato após participação em mais de 20 séries para a TV. A principal foi o seriado ‘Firefly’ em que viveu na pele de Inara Serra. Mas nenhuma outra causou tanto frisson nos últimos tempos como ‘Homeland’.

O DIA

Comentários

comentários