Atlético PR é punido pelo uso irregular de camisetas de cunho político

Gazeta Esportiva.com

Zagueiro rubro-negro se recusou a participar da ação promovida pela diretoria (Miguel Locatelli/CAP)

O Atlético Paranaense foi multado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em R$ 70 mil por conta das camisas utilizadas pelos jogadores na entrada de campo na partida diante do América Mineiro, pelo Campeonato Brasileiro, com dizeres de cunho político na véspera do primeiro turno das eleições.

Embora o clube tenha alegado falta de comunicação com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o STJD entendeu que o envio do pedido de autorização para a ação feito pelo Furacão ao Departamento de Competições da CBF aconteceu depois do prazo correto mas, mesmo assim, o Atlético recebeu uma resposta negativa da entidade. Portanto, o Rubro-Negro, segundo a decisão, foi informado de que o uso seria irregular.

Na oportunidade, apenas o zagueiro Paulo André, conhecido por sua atuação junto aos jogadores em movimentos para tentar mudar o futebol brasileiro, conscientizando os atletas em relação a seus direitos, não aceitou entrar com a camiseta, colocando um agasalho do clube. Ele não acatou aos pedidos do polêmico presidente do conselho deliberativo, Mário Celso Petraglia, que já revelou nas redes sociais suas preferências e defendeu o uso do clube para atos políticos.

Comentários