Atlético-PR e Grêmio jogam para definir quem avança à semifinal da Copa do Brasil

Globo Esporte/JN

Vencedor pega o Cruzeiro que ontem se classificou ao empatar com o Palmeiras

Atlético-PR e Grêmio jogam às 21h45 (horário de Brasília) desta quinta-feira, na Arena da Baixada, para definir quem avança à semifinal da Copa do Brasil. O Furacão precisa de um milagre, já que o Tricolor tem larga vantagem após ter feito 4 a 0 na ida.

Atlético-PR quer vitória para quebrar jejum (Foto: Globo Esporte)

Com o cenário adverso, o Atlético-PR busca uma vitória – mesmo que ela não signifique a classificação – para encerrar a sequência de oito jogos sem triunfo. Além do placar, outro desafio é o excesso de desfalques – ao todo, são oito baixas. Já o Grêmio adota discurso de pés no chão e respeito ao adversário. A tendência é que Renato Gaúcho poupe apenas os jogadores mais desgastados.

Atlético-PR – Fabiano Soares

O objetivo principal do Atlético-PR é conquistar uma vitória, independente do placar, para encerrar o jejum de oito jogos. Para isso, porém, o técnico Fabiano Soares precisa reorganizar o time. Ao todo, são oito desfalques. As ausências podem abrir espaço para o meia-atacante Felipe Gedoz, que não é titular desde a decisão estadual. Um provável Furacão tem Weverton; Gustavo Cascardo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Felipe Gedoz (Eduardo da Silva), Douglas Coutinho e Pablo.

Quem está fora: o meia-atacante Nikão está suspenso por ter sido expulso na ida. O lateral-direito Jonathan e o zagueiro Thiago Heleno não estão 100% fisicamente. Já os volantes Bruno Rodrigues e Esteban Pavez, o meia Guilherme e os atacantes Ederson e Ribamar não estão inscritos na Copa do Brasil.

Grêmio – Renato Gaúcho

Envolvido em três competições simultâneas, o Grêmio se dará ao luxo de poupar alguns titulares mais desgastados. A larga vantagem construída na Arena é um dos motivos, e o técnico Renato Gaúcho já deixou claro que ninguém poderá jogar todas as partidas. Neste momento, ainda que não admita externamente, o clube privilegia a caça ao Corinthians no Brasileirão. Michel, suspenso no campeonato nacional, é presença garantida. Mesmo com time misto, o grupo está “vacinado” para não cair do salto nesta quinta. No treino desta terça, Edílson, Geromel e Maicon só correram no gramado e devem ser poupados.

Quem está fora: além de Barrios, com problema na coxa esquerda, os zagueiros Rafael Thyere e Bruno Rodrigo seguem como baixas. O primeiro teve uma torção no tornozelo, enquanto o segundo sentiu problema muscular. Léo Moura, Bolaños, Douglas, Jael e Beto da Silva ainda se recuperam de lesões.

Arbitagem

A arbitragem é de São Paulo: Raphael Claus (Fifa) apita, com Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa) e Alex Ang Ribeiro nas bandeiras.

 

Comentários