Athletico vence o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi

Da Redação

Quando a torcida tricolor já se conformava com o empate sem gols em casa, Marcelo Cirino achou um gol para o Furacão e deu números diferentes para o confronto da tarde deste domingo (10) no Morumbi, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Marcelo Cirino comemora gol na vitória rubro-negra no Morumbi. (Foto: Fabio Wosniak/Athletico/Reprodução).

Como resultado, o São Paulo viu sua luta para conquistar o acesso direto para a Libertadores de 2020 ficar mais complicado: o time paulista segue com 52 pontos, na quinta colocação da tabela. Já o Athletico-PR, confirmado no torneio intercontinental após faturar a Copa do Brasil, é o sexto, com 50.

O resultado também não retrata o que se viu em campo. Embora ainda não se mostre objetivo, o ataque são-paulino deu trabalho ao goleiro Santos, do Athletico, que conteve o ímpeto tricolor em praticamente todo o jogo. Os visitantes, porém, também souberam levar perigo a Tiago Volpe, que ia bem até os 45min da etapa final, quando falhou em chute de fora da área.

No sábado (16), o São Paulo desce a baixada para visitar o Santos na Vila Belmiro. No dia seguinte, o Furacão recebe o Botafogo na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Na mesma – Em um resultado que não pode ser considerado bom para nenhum dos clubes, Curzeiro e Atlético-MG empataram sem gols na tarde deste domingo (10) no Mineirão, em Belo Horizonte.

O time Celeste, pior na tabela, chegou a dominar a partida no início do primeiro tempo, enquanto o Galo foi melhor na etapa final.

Em uma partida truncada, o lance que mais agitou a torcida ocorreu aos 32min da etapa final, quando a arbitragem pediu o VAR para conferir se lance na área cruzeirense foi pênalti, incendiando a torcida atleticana. Porém, a ordem do juiz para o jogo seguir acabou festejada pelos torcedores da Raposa. De negativo, um princípio de corre-corre no lado do estádio reservado para os atleticanos e torcedores reclamando de ardência nos olhos por conta do uso de gás para conter o tumulto.

Com o resultado, o Cruzeiro segue na 15ª posição na classificação, com 35 pontos, apenas dois à frente do Botafogo –17º e primeiro na zona de rebaixamento. O Atlético, por sua vez, segue em 11º e vê o sonho de disputar a Libertadores de 2020 ficar mais distante.

Pela 33ª rodada, no próximo fim de semana, o Galo visita o Fluminense no Maracanã no sábado (16). O Cruzeiro joga em casa contra o Avaí na segunda-feira (18).

Comentários